RSS

13 de outubro de 2011

Nossa, chutei o balde. O que fazer?


Estou me sentindo assim, mas não por álcool, mas por excesso de comida!!!

Abusou na alimentação? Aposte nas frutas, verduras e água!

O feriado acabou e para muita gente que ainda não sabe que a saúde é o bem mais precioso chegou a pior parte: a hora de consertar os estragos e curar a ressaca após um dia de excessos. Se você tem de voltar ao trabalho e quer manter a saúde e se livrar rápido da dor de cabeça, boca amarga e da sensação de fraqueza deixada pelo excesso de álcool, por exemplo, a saída é um programa de desintoxicação. 
Você abusou da sua máquina: seu o estômago precisou fabricar mais suco gástrico e o fígado mais bile, além de precisar neutralizar as toxinas presentes pelo álcool. O intestino, além de precisar produzir mais suco entérico, ainda fica com o trânsito mais lento. Para reverter esse quadro, programe sua desintoxicação.  Os remédios são encontrados em qualquer feira livre: frutas, verduras e legumes. Além de mais fácil digestão, os vegetais vão oferecer ao organismo as vitaminas que auxiliarão no funcionamento dos rins e do fígado, os principais órgãos desintoxicantes do corpo. 
Tome também muita água e suco de fruta. Caso os alimentos sólidos não caiam muito bem, tente uma sopa leve. “É ideal que, além de hidratar, reponha os carboidratos”, diz a nutricionista Sandra Reis. E nada de acreditar naquela história que “fogo se combate com fogo” e tomar outro porre hoje. “Você irá intoxicar ainda mais o principal órgão desintoxicante e o resultado pode ser um acúmulo de gordura no fígado”, diz a nutricionista Caroline Lameirinhas. Lembre-se que o ideal para a saúde é não ingerir bebida alcoólica. O álcool demora 48 horas para sair do seu organismo. 
:: Vá a uma feirinha e compre frutas, verduras e legumes. Eles irão garantir o bom funcionamento dos rins e fígados, que são os principais órgãos desintoxicantes do nosso corpo.
:: Inclua bastante líquido na dieta hoje: água, água de coco (contém potássio), chás naturais e sucos de frutas frescas.
:: A água é importante no processo porque irá repor os líquidos que perdeu e também vai ajudar a remover as toxinas acumuladas.
:: Consuma também fibras solúveis como o farelo de aveia ou trigo, arroz integral ou pão integral, vegetais crus e folhas verdes, que ajudam a desintoxicar e hidratam tanto o intestino quanto o estômago.
:: Dê um tempo na carne vermelha para não sobrecarregar seu fígado. Evite ainda queijos, molhos e frituras. Alimentos industrializados, embutidos e enlatados como salsichas, presunto e biscoitos devem ser deixados de lado.
:: Dê preferência aos alimentos mais leves e coma a cada duas ou três horas.




Nutricionista clínico
Nível 2
CRN-3
21930
São José do Rio Preto, SP

1 borboletas, comentaram!:

Ingrid Cibele disse...

Passando pra conhecer o blog....